Caracterização geológica-geotécnica de maciços rochosos marginais à BR-262

Allan Erlikhman Medeiros Santos
Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, Brasil, allanboni@hotmail.com

Milene Sabino Lana
Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, milene@demin.ufop.br

Denise de Fátima Santos da Silva
Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, denisefss@yahoo.com.br

Larissa Regina Costa Silveira
Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, larissacbq@hotmail.com

Otávio Pataro Generoso Sales
Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, otavio.pataro@gmail.com

Tatiana Barreto dos Santos
Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, tati.barreto12@gmail.com

O transporte rodoviário é responsável no Brasil por grande parte dos fluxos de bens e pessoas, fomentando a economia e mobilidade no Brasil que apresenta extensões continentais. Neste contexto estudos relacionados à caracterização geológica-geotécnica de maciços em margens de rodovias podem contribuir para a segurança social e econômica em escalas locais e regionais. O trabalho apresenta a caracterização geológica-geotécnica do trecho compreendido entre os quilômetros 356 e 406 da rodovia BR-262, localizada no estado de Minas Gerais, passando pelos municípios de Betim, Juatuba, Florestal e Pará de Minas. Dentre as justificativas para a escolha do trecho em estudo destaca-se a importância deste trecho para a região, devido ao tráfego de pessoas e bens, sendo uma alternativa de conexão da região metropolitana de Belo Horizonte com o restante do Estado. A partir dos resultados da caracterização geológico-geotécnica foi possível avaliar as condições dos maciços rochosos que estão nas margens do trecho estudado e construir uma proposta de priorização em casos de intervenção para obras de estabilização.



Clique aqui para efetuar o download do artigo em formato PDF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *