Investigação Geotécnica de Campo e Laboratório Realizada no Maciço Rochoso da Petroquímica de Suape

Roberto Quental Coutinho
Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Recife, Brasil, robertoqcoutinho@gmail.com

Myckelle Michely da Silva Ferreira
Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Recife, Brasil, myckellemichely@hotmail.com

Este artigo apresenta a caracterização geotécnica de campo e de laboratório realizada no terreno da Petroquímica Suape, Pernambuco/Brasil. São analisados os resultados obtidos por ensaios geofísicos, representados por sondagem elétrica vertical e caminhamento elétrico, pelas sondagens mecânicas e pela descrição dos testemunhos de sondagem mista. Além disso, apresenta-se os resultados de porosidade (η) e peso específico natural (γnat) para algumas amostras do maciço. Através das análises, verificou-se que o programa de investigação de campo foi amplo e contou com uma boa distribuição das sondagens à percussão e sondagens mistas. Os ensaios geofísicos confirmaram e ampliaram os resultados das investigações de campo, mostrando a existência de uma estrutura geológica que divide o terreno em porções geotécnicas distintas. Adicionalmente, o maciço rochoso é de origem ígnea vulcânica, constituído por uma matriz de riolito, material intermediário entre riolito e traquito e por basalto, estando ocasionalmente a extremamente alterado e ocasionalmente a moderadamente fraturado.



Clique aqui para efetuar o download do artigo em formato PDF. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *